DireitosReservados

DireitosReservados
☆poemasEleonoraMarinoDuarte☆edição&arteWalkyriaSuleiman☆

16 de ago de 2011

Navalha





















   Não me quer no espelho
   o País das Maravilhas,
   Alice nunca me disse nada!

   Gatos sorriram caminhos,
   coelhos saíram de cartolas
   para tudo ser um chá de espera...

   Não me desespera um sonho
   nem a rainha de copas
   dará o grito por minha cabeça,

   sou dona do nariz que aponto,
   afronto os vestígios de Alice
   na imagem que ora reflito!










foto: CatharinaSuleiman

10 comentários:

Marcantonio disse...

Nossa, isso é que se chama uma postagem impecável. Obra de arte essa conjugação de espelhos visuais e verbais!

Abraços.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Marcatonio

conjunção e conjugação, muito bom mesmo.
bjs e obrigada por vir!

betina moraes disse...

Marco,

obrigada por tanto!

um beijo.

guru martins disse...

...fácil falar assim
quando se sabem
o que refletes...

bj

Betina Moraes disse...

gura,

meu amigo,

obrigada pela leitura afiada!


um beijo!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

guru
vc é sempre surpreendente

Tania regina Contreiras disse...

sou dona do nariz que aponto,
afronto os vestígios de Alice
na imagem que ora reflito!

Betina...poderia fazer uma dissertação sobre sua poesia a partir desses últimos versos. Mas não o farei, que estou tentando ler tanto(a)s poetas que gosto. Sintetizo falando das nuances de sua poesia, que revelam uma poeta original e de refinada sensibilidade. Mas aqui no blog o mérito é sempre triplo, porque a marca de Wal é perceptível e faz a diferença e, nossa, fotografias que são verdadeiras obras de arte. Adoro isso aqui, vcs sabem, né?
Beijos,

Betina Moraes disse...

tanita, nós somos quem adoramos você!
você sabe o quanto faz diferença quando um poeta é lido ou uma foto é vista ou um canto é visitado... então? você é como luz aqui!


obrigada, de verdade.

Francisco Coimbra disse...

Entro e deixo-me iluminar por este lugar de contrastes com frases duma poética forte, onde a poesia se alarga aos comentários «nós somos quem adoramos», isto para me quedar no último comentário resposta. As fotografias na fotografia, os versos no poema, tudo respira e isso sempre inspira - a vida de vida! Parabéns!!

escotilha disse...

francisco,

obrigada!

você é poeta a ressaltar musas, elevar.