DireitosReservados

DireitosReservados
☆poemasEleonoraMarinoDuarte☆edição&arteWalkyriaSuleiman☆

30 de jun de 2011

Vigília













Entre os tecidos, ali está ela,
a mulher em estado límpido!
Recém amada, corpo dormente,
alma solta, os santos à volta.

Submersa em si, longe de todos,
nas carícias que ainda lhe são
adormecidas quenturas corpóreas
em sono profundo de núpcias.

Permanece por um instante assim,
mergulhada nas águas do sonho,
abandonada aos trigos imaginários
correndo nua por um campo nu.

Ressurgirá após essa eternidade
revelando segredos difusos da luz,
sussurrando um novo dialeto
trazido da outra esfera das coisas...

Caberá a ele ler nos lábios um beijo
segundos antes de ela renascer,
de sorrir acordada, senhora de si,
definitivamente de volta para o mundo.










foto: CatharinaSuleiman


 

23 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

...sussurrando um novo dialeto
trazido da outra esfera das coisas...

Um arraso! Só mulher pra traduzir certas coisas e a Betina já faz parte do meu elenco de poetas preferidos. Mas aqui a gente é fisgado pela palavra e pela imagem, pelo bom gosto e esse ar enevoado de sonhos que o blog tem. Meninaaaass...show, pra variar!
Beijos,

Cosmunicando disse...

olá meninas :)
gostei demais do poema, do blog todo, das fotos da Catharina... não tinha vindo ainda. Já está nos meus favoritos.
beijos

betina moraes disse...

Tânita,

só uma mulher como você para vir trazer tanta delicadeza.

obrigada, querida!

betina moraes disse...

Mercedes,

é uma honra a sua presença!


muitíssimo obrigada!

:)


um beijo.

Sherman disse...

Perfeito... Perfeito... E perfeito...

catharina suleiman disse...

Vou confessar, eh muito facil fotografar a walkyria...minhas fotos tem ate marcacao de corpo, objetos...mas com ela nada pode ter regras, ela chega e eu peco para ela me mostrar ela mesma( hoje em dia nem falo mais nada)...e acaba nisso ai, uma imagem carregada de emocao, historia e generosidade...

escotilha disse...

carlos,

obrigada por aqui e por lá!


um beijo.

escotilha disse...

catharina,

acho que não cabe eu dizer algo, só confirmar suas palavras com relação a wal...


um beijo para você, querida.

Leonardo B. disse...

[a palavra, que recolhida da luz, na placenta que murmura, toma todos os astros a si, onde a palavra, de tão iluminada, no corpo renascerá.

Faz-se margem, faz-se imagem!]

um imenso abraço,

Leonardo B.

betina moraes disse...

leo.b.


obrigada por tamanha audição.

um beijo!

guru martins disse...

...enquanto isso
morfeu se amofina
mofando macambúzio
resignado ao malfadado
destino só de zelador
do sono dela...

bj

betina moraes disse...

morfeu nos leva para o quarto!

um beijo, querido guru.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Tanita Chicaran...ehheheh

vc sabe traduzir, como poucos, as intenções que vão em nossos corações. Te agredeco muito pela coragem e empenho. Sei que nem sempre é fácil!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Mercedes...

que surpresa legal!
mas atenção, a fotos não são apensa da Catharina, são da Márcia e do Daniel. Embaixo de cada foto tem o autor.

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Catha
\poderíamos dizer que sou uma mulher fácil....ahhaha de fotografar.

Filha, com vc fics fácil, vc olha pra dentro, através, dei lá, não sinto vergonha de ser eu mesma!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Leonardo querido
Guru sabido
Sherman desconhecido

obrigada pela presença

Sylvio de Alencar. disse...

Os elementos da foto se encaixam: foco, mãos, corpo feminino ao fundo...; poema explica, conta, espressa sentimentos que, como homens adivinhamos e partilhamos, felizes. Foto e poema se completam, para nosso prazer.
Vossa sintonia, se faz em nós.
Parabéns pelo trabalho que realizam.

Denise Scaramai disse...

Palavras certas, totalmente incorporadas na linda e calma imagem,
definindo um momento imenso!

placco araujo disse...

Como esta combinação é perfeita.. fotos densas, sem perder a leveza e um texto fluido...como você é multifacetada, Walkyria..esta sua persona é distinta da gentefina do céu aberto..

betina moraes disse...

sylvio,

obrigada por ver o nosso trabalho com tanto carinho...

um beijo!

betina moraes disse...

denise,

muito obrigada pelo comentário e leitura!

um beijo.

betina moraes disse...

placco,

obrigada em meu nome e em nome de catharina, pela parte que nos toca, se tal parte houver, obviamente...

abraço!

Walkyria Rennó Suleiman disse...

Placco....
obrigada por me ver aqui, e me ler no céu!
Todos são muitos..... sempre!