DireitosReservados

DireitosReservados
☆poemasEleonoraMarinoDuarte☆edição&arteWalkyriaSuleiman☆

17 de jun de 2011

Percurso



Sossego de caminho

não descansa o coração,

é preciso andar águas

carregar pedras

mover a plantação.

É preciso abrir brechas

aparar arestas

tirar o cimento do chão.

Depois se descansa,

solene ao som do vazio,

a espera da dança

da outra encarnação.







foto: MarciaBorlenghi ∞ cannon digital

Um comentário:

☆mnemosine☆ disse...

infelizmente tive que apagar a postagem por problemas técnico e assim, se perderam os comentários. Desculpem-me.